terça-feira, 24 de julho de 2007

Parabéns, do Ewerton de Castro

"Parabéns pela forma com que vocês se portaram diante da intransigência dos donos da verdade que vão se proliferando por esse nosso país.
Conte conosco, sempre."
Ewerton de Castro
ator

2 comentários:

G L A U disse...

Assisti à peça na noite em que o grupo liderado pela ex-assessora do Coronel Ubiratan esteve presente (21.7.07) Chocaram-me o teor e o tom das manifestações que fizeram, revelando claro propósito de intimidação.

Enfrentando uma quase patológica dificuldade de falar em público, pedi a palavra para, assim como tantos outros espectadores, repudiar a absurda acusação feita pelos integrantes do grupo encabeçado pela sra. Karina. Disseram que a peça faz apologia ao crime. É evidente o despropósito da afirmação, nem merece maiores comentários.

Que ela tenha atribuído -- e, conforme leio agora no blog, disseminado seu protesto na internet -- esse caráter à peça antes mesmo de tê-la visto, revela muito claramente a leviandade da acusação, tão mais grave porque a conduta imputada aos encenadores de “Salmo 91” constitui, em si mesma, conduta criminosa (“apologia de crime ou criminoso”, artigo 287 do Código Penal).

O mal-estar que me causaram as intervenções do grupo da sra. Karina reforça-se agora, ao tomar conhecimento, pelo blog, dos bastidores daquela noite: a forma como aquelas pessoas se dirigiram à equipe do teatro, os recados que mandaram ao elenco. Assustador.

O Parlamento é espaço essencialmente plural, em que as divergências surgem, os pontos de vista se contrapõem, e é natural, e salutar, que seja assim. Lamentavelmente, a experiência que o trabalho parlamentar proporcionou à sra. Karina parece não ter despertado nela a capacidade de aceitar (e conviver com) a existência de visões de mundo diversas, e até mesmo opostas, às suas. Assim não fosse, não teriam, ela e seus companheiros, agido como agiram.

Recebam o autor, o diretor e os atores de “Salmo 91” meus cumprimentos pelo trabalho brilhante, e pelo espírito altamente democrático que demonstraram na noite de 21 julho.

Parabéns!

G L A U disse...

No comentário que enviei há pouco, acabou não constando meu nome, apenas o "nome de usuário" do Google. Depois que me dei conta de que apareceria meu "nome de usuário", e não meu nome, propriamente, eu deveria ter voltado à mensagem. Mas esqueci, desculpem. Bem, tudo isso para dizer quem sou: Glauco Malheiros, de São Paulo. Abraços.